Ex de DJ Ivis alega ter sido espancada quando ainda estava grávida e ameaçada com faca

4

Pamella Holanda revelou que violência começou quando ela ainda estava grávida e desde então DJ Ivis se mostrou cada vez mais agressivo

A violência que chocou o país e foi revelada nos últimos dias por Pamella Holanda, ex esposa do DJ Ivis, está rendendo novas declarações surpreendentes sobre o comportamento do artista. Após um funcionário do paraibano contar sobre brigas com facas e tesouras, a vítima concedeu uma entrevista esclarecedora ao jornalista Leo Dias, do portal Metrópoles.

Com todo apoio que vem recebendo, Pamella e a filha do casal, Mel, de 9 meses, estão seguras por lei já que a Justiça emitiu uma medida protetiva em caráter de urgência contra o agressor. A violência doméstica que sofria, no entanto, não é de hoje, considerando as declarações reveladoras de Pamella sobre quando teriam começado as agressões:

“A primeira vez que ele me bateu, me agrediu foi quando eu estava grávida de 5 meses, de 5 pra 6, quase entrando no sexto mês. Ele me pegou pelo pescoço e veio me arrastando até o sofá, me jogando no sofá”, afirmou. Sobre o que teria motivado a primeira ação violenta, como se houvesse algum tipo de justificativa para isso, ela contou que ele frisava sempre que ela era “um problema”. 

Assuntos Relacionados

Sobre quantas agressões sofreu, Pamella afirmou ter perdido as contas: “Não sei, muitas. Não era só fisicamente, era verbalmente, psicologicamente. Era um terror psicológico muito grande.” Ela ainda deu detalhes de como teria sido o episódio mais recente. Após descobrir mensagens que o DJ trocava com outras mulheres, ela o questionou e o artista partiu para agressão.

“Ele me segurou com as duas mãos e tentou me estrangular dentro do banheiro e me pressionando na bancada da pia do banheiro e eu fui pro quarto. Ele foi atrás de mim e começou a esmurrar minhas costas várias vezes, rasgou a blusa que eu tava e começou a me chutar”, contou.

No dia seguinte, ela viu a necessidade chamar a Polícia, quando disse à Ivis que ele “ia acabar sendo preso” e o agressor tomou uma atitude ainda mais drástica. “Ele levantou foi gaveta da cozinha e pegou uma faca. Aí foi na hora que eu saí, eu saí, coloquei um chinelo no pé, saí correndo e fui na portaria pra pedir socorro”. Com o apoio da classe artística e do público, Pamella agradeceu as mensagens de amparo que vem recebendo, após sofrer tantos traumas.

DJ entrou com processo para proibir ex de mostrar vídeos

(Foto: Reprodução Instagram)
(Foto: Reprodução Instagram)

Após os vídeos da sua agressão à ex esposa virem a tona em uma publicação nos Stories do no site Metrópoles, DJ Ivis entrou com um pedido emergencial na Justiça para que o site retirasse a matéria do ar e Pamella Holanda fosse proibida de falar sobre as agressões que sofreu.

No entanto, apesar de sua tentativa, a juíza responsável pelo caso negou o pedido e declarou que seria impossível concedê-lo, por representar afronta ao direito da livre expressão da imprensa, alegando ainda que as possíveis faltas de veracidade deverão ser apurados posteriormente.

O processo entre DJ Ivis e Pamella Holanda corre em segredo na Justiça após as denúncias e medidas protetivas, mas os usuários já demonstraram sua indignação na internet do porquê do DJ ainda não ter sido preso, dads as circunstâncias violentas expostas no vídeo.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais