Após detonar Bolsonaro em música, Eduardo Costa revela apoio a Lula e Dilma

8

Após duras críticas à Bolsonaro, Eduardo Costa revela que já foi eleitor de Lula e Dilma e abre o jogo sobre seu posicionamento político

Após ser excluído da quarta edição de “Cabaré”, Eduardo Costa mostrou ser um bolsonarista arrependido ao lançar música que fala sobre descaso do governo com a situação em que o país tem enfrentado. E após detonar Bolsonaro, o cantor revelou apoiar Lula e Dilma. 

Recentemente, o cantor foi entrevistado pelo programa “Morning Show” da Joven Pan e comentou sobre sua posição política. Ao ser questionado qual sua pretensão de voto nas eleições de 2022, Eduardo Costa revelou sem hesitar: “Bolsonaro”. Além disso, revelou que não se considera um conservador extremista: “Eu não sou um conservador extremo. Nós temos que ter diálogo. Eu já fui babaca de xingar os outros. De achar que todo mundo tinha que ter o mesmo ideal político que eu”, explicou.

Assuntos Relacionados

Em outro momento da entrevista, Eduardo Costa contou que já votou em Lula e na Dilma nas eleições anteriores: “Eu fui eleitor do Lula. Eu votei no Lula na primeira, na segunda eleição. Depois votei na Dilma Rousseff. Então eu dei a oportunidade pra eles. Depois eu fui eleitor do Bolsonaro“. E acrescentou: “Eu acho que a esquerda erra muito, acho que a direita erra muito. A esquerda porque roubou demais e a direita porque fala demais”, disse o sertanejo.

Eduardo Costa detona Bolsonaro e faz críticas em nova música

(Foto: Reprodução Internet)
(Foto: Reprodução Internet)

sertanejo Eduardo Costa, que está ressentido com Leonardo e com raiva de Gusttavo Lima, acabou revelando um posicionamento pessoal em sua nova música “Cuidado”, lançada na última semana. A faixa que está disponível em todas as plataformas digitais pela ONErpm, revela que o sertanejo agora é um bolsonarista arrependido diante das ações de Bolsonaro na pandemia.

Após detonar a ex Victoria Villarim por polêmicas na Fazenda, o cantor que já havia demonstrado apoio à Jair Bolsonarocomo tantos outros sertanejos que ainda o apoiam, parece ter repensado o voto político e expôs a decepção diante do que vem acontecendo.

Na letra da canção, Eduardo Costa deixa claro a postura de quem ocupa o cargo de 4 em 4 anos e que acaba prometendo mais que do consegue cumprir. Além disso, ele chamou atenção para o descaso com os hospitais que precisaram de espaço em estádios de futebol.

A alfinetada à quem deveria ter mais responsabilidade com o cenário atual já vem logo no começo: “Só querem nos roubar e nos fazer de palhaços, depois que estão eleitos vão morar em seus palácios”, afirma a letra.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais