Bruno, dupla de Marrone, canta em festa de advogado alvo da Lava Jato e gera polêmica

2

Sertanejo Bruno cantou sozinho na festa de Willer Tomaz, que contou com a presença de Flávio Bolsonaro e demais autoridades

O cantor de música sertaneja Bruno se apresentou sozinho na noite da última terça-feira (31) em Brasília. Enquanto Marrone aproveitou a companhia de demais amigos, seu parceiro de palco cantou em uma festança promovida pelo advogado Willer Tomaz, que reuniu chefes dos Três Poderes na capital federal.

Em comemoração ao seu aniversário, o anfitrião do evento contou com a presença dos Presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) além, do senador Flávio Bolsonaro (Patriotas-RJ), filho “01” do Presidente Bolsonaro, por quem o sertanejo Bruno já declarou ser favorável, gerando polêmica.

Assuntos Relacionados 

A festa de ostentação em que o sertanejo cantou, no entanto, foi oferecida pelo advogado que continua tendo passe livre e boa relação com diversas autoridades embora já tenha sido preso. Isso porque, Willer foi alvo no ano de 2017, da operação Patmos, que é um desdobramento da Operação Lava Jato.

O aniversariante foi acusado de atrapalhar as investigações ao intermediar repasse de propina dentro do Ministério Público Federal (MPF). Fato é que em junho deste ano, a Corte Especial do Tribunal Regional Federal da Primeira Região (TRF-1) rejeitou a denúncia contra Willer. No entanto, recentemente ele foi citado por Renan Calheiros, que é relator da CPI da Covid, de possível envolvimento com Flávio Bolsonaro e com o também advogado Frederick Wassef de ter participado do esquema de compra irregular da vacina Covaxin.

Com cerca de 50 pessoas que compareceram no evento, segundo informações do Portal Metrópoles, os convidados puderam desfrutar de vinhos caríssimos, comida japonesa e champanhes. Bruno, por sua vez, cantou em um palco montado em frente à piscina da mansão e tomava uísque. O sertanejo, ao lado de Marrone, gerou revolta ao anunciar há pouco tempo um show presencial, mesmo que a pandemia ainda não tenha acabado.

Marrone ‘abandona’ Bruno e choca ao surgir com dupla inesperada

(Foto: Reprodução Internet)
(Foto: Reprodução Internet)

O cantor sertanejo Marrone, que constantemente reclama que tem que se segurar para não acabar com a dupla e já sofreu uma série de humilhações em lives sertanejas pelo parceiro, foi envolvido em um escândalo milionário recentemente e não se abalou, já que passou o fim de semana curtindo uma boa companhia entre amigos, incluindo o cantor Tayrone, que desponta como uma das maiores promessas nacionais.

Tayrone estava de viagem por Goiânia este fim de semana e aproveitou para encontrar Marrone, com quem tem uma grande amizade, embora a maioria das pessoas não saibam. No encontro, os dois formaram uma dupla sertaneja improvisada para cantar algumas músicas e a parceria deu o que falar entre os fãs, que amaram e deixaram muitos comentários elogiando a performance.

“Aôôô treeeem!!! Domingão encerrando com sucesso. “Te Amar Foi Ilusão” com esse fera. Que honra papa @marrone, tmj…”, legendou Tayrone em uma postagem no Instagram. Assista:

Marrone, que segundo Eduardo Costa é boicotado nas gravações dos discos da dupla, vem chamando atenção nos últimos tempos com algumas declarações de que tem que se segurar para não encerrar a dupla com Bruno. O motivo é a constante bebedeira do amigo, que se descontrola e acaba falando o que não devia na maioria das vezes, mas apesar dos pesares eles continuam juntos e cada vez mais unidos, inclusive já voltaram a se apresentar com público.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais