Cabaré com Leonardo e Bruno e Marrone segue turnê e chega a São Paulo

192

Leonardo e Bruno e Marrone levam o projeto Cabaré ao Allianz Parque, em São Paulo, e turnê segue para outras capitais

Leonardo e Bruno e Marrone apresentam o famoso show do projeto “Cabaré“, no próximo sábado (16/04), no Allianz Parque, em São Paulo. Para receber esta apresentação, o gramado do estádio receberá mesas e cadeiras. a fim de proporcionar uma experiência mais confortável ao público.

Com um cenário grandioso, painéis de LED e muito alto astral, os sertanejos protagonizam um espetáculo repleto de alegria, energia, emoção e muito romantismo. No repertório do projeto Cabaré, Leonardo e Bruno e Marrone selecionaram as melhores canções de suas carreiras, com hits que fazem parte da memória dos amantes da música sertaneja, além de revisitar sucessos de outros artistas das últimas quatro décadas, escolhidas exclusivamente para essa parceria.

Em aproximadamente 2h30 de show, o trio desfila clássicos como “Ainda Ontem Chorei De Saudade“, “Evidências”, “Cabecinha No Ombro”, “Eu Não Sou Cachorro Não”, “Não Aprendi Dizer Adeus”, “Dormi Na Praça”, “Talismã”, “Boate Azul”, “Choram As Rosas”, entre outros sucessos.

Os ingressos estão à venda via Uhuu (www.uhuu.com) e custam entre R$ 90 e módicos R$ 8.000 (você não leu errado), dependendo da modalidade de ticket escolhida. As entradas de valor mais alto estão no chamado Setor Vip, localizado bem em frente ao palco.

Na sequência, a turnê do Cabaré segue para o Rio de Janeiro, com apresentação marcada para o dia 13/05, na Jeunesse Arena. Os ingressos também estão à venda pela Uhuu, com valores ligeiramente mais em conta. Depois do Rio de Janeiro, haverá show do Cabaré em Curitiba (28/05, no Curitiba Country Festival), Brasília (11/06) e Ribeirão Preto (23/07). Entre os dias 27 e 30 de novembro, os artistas embarcam no Navio Cabaré, para a alegrias dos fãs mais abastados.

O projeto Cabaré foi criado em 2016, sempre tendo Leonardo como seu anfitrião. A primeira fase trazia também Eduardo Costa e foi um sucesso absoluto, com de 300 shows realizados, que atraíram mais de 4 milhões de pessoas. No YouTube, os vídeos ultrapassam a marca de 410 milhões de visualizações. Já nas plataformas de streaming, são mais de 20 milhões de execuções, sendo estouro também nas rádios. Em três anos, foram gravados dois CDs/DVDs (“Cabaré́” e “Cabaré́ Night Club”), que venderam mais de 1 milhão de cópias.

Caso você procure pelos vídeos do Cabaré no YouTube, verá que existe um canal oficial, onde os protagonistas são Leonardo e Eduardo Costa. De uns três anos para cá, esse canal parou de ser alimentado. Os vídeos do Cabaré que vieram depois estão hospedados no canal oficial do Leonardo, inclusive as primeiras lives, no início da pandemia, que geraram enormes polêmicas. Foi a partir dessas polêmicas que a “cabeça” de Eduardo Costa rolou e ele foi afastado do projeto. Os fãs raiz do Cabaré nunca superaram.

Leia Também:

Não há como negar a importância de Leonardo e Bruno e Marrone para a música sertaneja. São enormes, são artistas excepcionais, cada um a seu estilo. Todavia, vale também pra eles a máxima de que, quando as polêmicas ultrapassam o profissional em termos de visibilidade, algo está errado. Quem vai aos shows pra ouvir boa música, espera sinceramente que a bebedeira das lives não chegue aos palcos da turnê. Não se pode perder de vista que cantor alcoolizado não consegue cantar direito, não importa quem seja. O respeito ao público e a música sertaneja de boa qualidade devem ser os reais protagonistas.