Cantor de dupla sertaneja famosa é preso minutos antes de fazer show no Paraná e choca fãs

O cantor sertanejo Romário, da dupla Murilo e Romário, foi pego de surpresa pela polícia do Paraná e preso às pressas após cometer crime

Uma bomba na cidade de Campo Mourão, no Paraná, deixou o público chocado. Isso porque o cantor sertanejo Romário, da dupla Murilo e Romário, foi preso de surpresa pela polícia minutos antes da realização de um show, que acabou sendo cancelado devido à confusão.

O motivo da prisão ainda é de 2015, quando ele estava dirigindo o carro de um amigo emprestado e acabou colidindo com um motoqueiro na cidade de Foz do Iguaçu, que acabou morrendo. O cantor sertanejo fugiu sem prestar socorro e um tempo depois o dono do carro informou que quem estava dirigindo o veículo na hora da colisão era Romário, e então passou sua identificação para a polícia.

A investigação durou cerca de 2 anos e o mandato de prisão foi emitido em julho de 2017, sendo cumprido apenas neste sábado (02), mais de quatro anos após ser decretado. Pego de surpresa, o cantor sertanejo Romário foi levado para o presídio de Campo Mourão (PR), onde se encontra até o momento.

Nesta segunda-feira (04), a assessoria de imprensa da dupla sertaneja soltou uma nota oficial alegando que nem eles sabiam do crime: “O fato também é novidade para seu representante e equipe. Estaremos prestando esclarecimentos assim que possível. Constituímos um advogado para acompanhar o processo e, assim sendo, passaremos todos os esclarecimentos à justiça e seus fãs”.

Dupla é processada por estudante e pode pagar bolada

(Foto: Reprodução Internet)
(Foto: Reprodução Internet)

Uma estudante de odontologia do Mato Grosso do Sul está processando Henrique e Diego e a Record TV após ser enganada em um quadro do programa Hora do Faro exibido em 2017, onde ela, que tem o sonho de se tornar cantora profissional, teve que participar de algumas ‘provas’ para ganhar prêmios e poder cantar no palco.

Foi aí que a dupla sertaneja dona do hit “Suíte 14” surgiu no palco e ao lado de Faro se comprometeu com a doação de alguns prêmios para ajudar em sua carreira, que incluíam um book profissional para ser utilizado na carreira como cantora, o pagamento de todas as mensalidades da sua faculdade, a regravação de uma música de autoria da cantora no estúdio “Número 1 Studio”, uma música do compositor Mauricio Melo e instrumentos musicais da “Elite Musical”.

Apesar das promessas, a estudante foi enganada e a única coisa que de fato recebeu foram os instrumentos musicais. Sem imaginar a dor de cabeça que passaria, a estudante trancou a sua faculdade, que cursava por meio do Fies, já que teria os estudos custeados por Henrique e Diego, o que nunca aconteceu. A dupla e a Record TV mantiveram contato com a jovem e continuaram com a promessa, mas de fato as doações prometidas não foram feitas, conforme as provas mostram no processo que o Movimento Country teve acesso.

Enganada, todo o sofrimento da estudante/cantora foi mostrado ao vivo para o Brasil e serviu apenas para promover a imagem da emissora e da dupla sertaneja, assim gerando lucro para ambos. Após muita insistência por meio de mensagens via WhatsApp, Instagram, e e-mail, todos sem resposta concreta, a estudante resolveu entrar com uma ação na Justiça contra Henrique e Diego e a Record TV.

Ambos estão sendo processados por danos morais e a estudante luta na Justiça por uma indenização. É requerido o pagamento integral da sua faculdade (R$ 140.700,00), a quitação da dívida com o Fies (R$ 28.624,67) e uma indenização por danos extrapatrimoniais (R$ 150.000,00). No total, as indenizações do processo somam o valor de R$ 319.324,67.

O processo corre na Justiça do Mato Grosso do Sul e ainda não teve seu desfecho.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais