Cantor sertanejo Thiago é absolvido de processo após ser preso por não pagar pensão: “Não é o pai”

O cantor sertanejo Thiago, ex dupla de Thaeme, estava sendo processado sob acusações de que não teria pagado pensão alimentícia para a filha

O cantor sertanejo José Lázaro Servo, que usa o nome artístico Thiago Servo, foi parceiro de Thaeme na dupla Thaeme e Thiago até 2013, quando encerraram o projeto e a cantora sertaneja continuou com outro substituto. Em carreira solo desde então, Thiago Servo se envolveu em várias polêmicas, incluindo uma prisão por não pagamento de pensão alimentícia.

Em 2016, o cantor sertanejo foi preso quando estava prestes a entrar em um show e teve seus bens penhorados por uma dívida de R$ 1 milhão em pensão alimentícia, e desde então ele vem enfrentando esse processo judicial contra a mãe da criança, uma menina de 8 anos que mora em São Paulo.

Em 2020, a família de Thiago Servo entrou com um pedido de negativa da paternidade após o cantor sertanejo ser proibido de visitar a sua filha. Segundo informações do colunista Leo Dias, foi determinado pela Justiça que realizasse um teste de DNA do sertanejo com a filha, mas a mãe da criança não apareceu para fazer o exame por ao menos 3 vezes.

Devido à omissão da mãe, a Justiça determinou que o cantor sertanejo não é pai da criança, já que não foi possível constatar a paternidade por meio do teste de DNA. A vitória de Thiago Servo aconteceu por volta de agosto de 2021 e o sertanejo foi absolvido do processo.

Como consequência, foi determinado que na certidão de nascimento da criança fosse removido o nome do cantor e dos avôs paternos. O colunista ainda afirma que fontes revelaram que Thiago Servo pagou a pensão de R$ 20 mil mensais até o ano passado, quando foi extinto o processo.

Leia Também:

Gusttavo Lima também está envolvido em processo de paternidade

(Foto: Reprodução/Internet)
(Foto: Reprodução/Internet)

Gusttavo Lima está tentando provar que não é pai de uma jovem de 16 anos desde que a farmacêutica Eloá Soares expôs o assunto em um jornal. Enfrentando a acusação na Justiça, que pode ter reviravolta e acabar em processo para a farmacêutica por sedução de menor de idade e quebra de sigilo do processo, que corre em segredo, o cantor sertanejo resolveu abrir o jogo e contou o que pretende fazer.

Em uma entrevista ao colunista Leo Dias durante uma turnê em Portugal, em que viajou no seu jatinho de mais de R$ 250 milhões, Gusttavo Lima revelou se fará o teste de DNA da suposta filha caso a Justiça peça: “Vou fazer o teste de DNA? Vou fazer. Mas assim, eu acho impossível. São coisas que não tem nexo”, disparou.

O cantor sertanejo completou dizendo que há muitas contradições nessa história: “Franca, no estado de São Paulo, eu só fui em 2009, 2010. Foi uma das primeiras cidades que eu fiz show. Então assim, no ano de 2004, eu nunca participei de escola de música, eu nunca fiz aula de música, eu nunca participei de festival, a minha vida ela sempre foi muito simples e muito do lado dos meus irmãos e do lado do meu pai e da minha mãe”.

Chateado, Gusttavo Lima ainda demonstrou preocupação com a jovem filha de Eloá Soares, que ela diz ser filha do cantor, com a exposição nacional do caso: “Eu acho que o grande prejudicado disso não sou eu, não é a mãe, mas sim a adolescente que em questão, com certeza deve estar sofrendo pela exposição, na escola, pelos vizinhos, pela família. Acho que antes de a gente fazer alguma coisa a gente tem que ter noção”, disparou o sertanejo.