Cantor sertanejo vai treinar com lutador de MMA para encarar turnê internacional

O que você faria para encarar um compromisso tão importante quanto uma turnê internacional? O cantor sertanejo Paulo Pires resolveu treinar pesado para isso

Rogério Minotouro vai treinar o cantor sertanejo Paulo Pires para maratona de shows em sua academia, no Rio, conforme notícia divulgada pela revista Lance! De acordo com a publicação, o artista se prepara para uma turnê de shows fora do país; convite foi feito em um academia dos irmãos Nogueira.

Rogério Minotouro, que fez sucesso no MMA mundial, vai ajudar o cantor sertanejo Paulo Pires, em sua preparação física para uma turnê de shows na Europa. O encontro e o convite aconteceram nesta semana em uma academia dos irmãos Minotauro e Minotouro, no Rio de Janeiro.

O cantor bomba nas plataformas digitais com mais de 400 milhões de plays, o que o tornou um dos artistas mais executados no Brasil. No Youtube, ele já alcançou 60 milhões de visualizações com seu hit “Ameaça”. O cantor deseja perder cerca de 10kg para entrar em forma em sua nova empreitada.

Os irmãos Rogério e Rodrigo Minotouro tiveram uma carreira de sucesso no MMA e atualmente são empresários e participam de transmissões de eventos de MMA como comentaristas. Eles possuem uma rede de academia e uma linha de energéticos.

 Sertanejo é agredido durante show

O cantor sertanejo Brunno Henrique acabou passando por um susto durante seu show, no último sábado (27), em Goiânia. Enquanto o artista se apresentava, um homem subiu no palco e derrubou o músico com um forte chute. Após a repercussão, Brunno se pronunciou nas redes sociais.

O vídeo já explica o que aconteceu, mas vou dar os detalhes. Isso aconteceu no sábado. A gente não repercutiu o vídeo, mas agora ele está tomando uma proporção, por isso vim aqui explicar. Muita gente mandando mensagem perguntando se estou bem. Estou bem, com um roxo na perna aqui, mas logo passa e está tudo beleza”, começa o cantor.

O show aconteceu logo depois do jogo da Final da Libertadores entre Flamengo e Palmeiras. Segundo o cantor, o homem que agrediu ele era palmeirense e achou que Brunno tinha feito uma brincadeira contra o Palmeiras.

Aconteceu na Final da Libertadores, em uma casa aqui de Goiânia, inclusive o show foi maravilhoso (…) A gente começou a terceira música, estava cantando Arranhão, do Henrique e Juliano, e um louco, um palmeirense, acreditem (…) Não vou explicar o vídeo, está aí o que ele fez, como ele fez. Caí do palco, não me machuquei, foi só um susto, né? Porque você não está esperando. Inclusive, estava com uma mesa de amigos flamenguistas. O cara é palmeirense e achou que eu tinha zoado o Palmeiras”, contou.

Bruno Henrique passa bem e demonstrou ter ficado assustado com a proporção que o vídeo tomou. “Mas, independentemente disso, não é motivo para ele ter feito isso. Não conheço o cara, não sei quem é e nem quero conhecer. O vídeo está tomando uma repercussão grande. Não postamos porque quero ser reconhecido pelo meu trabalho, mas aconteceu. Estou muito bem e bem feliz por não ter acontecido algo mais grave”, concluiu.