Eduardo Costa pensou em desistir da carreira após briga com Leonardo

14

O cantor sertanejo Eduardo Costa chegou a pensar em deixar o Brasil e desistir da sua carreira após romper a parceria com Leonardo

Eduardo Costa sempre foi um personagem muito polêmico no meio da música sertaneja, no entanto quem o conhece de forma mais íntima garante que por trás do homem forte, existe uma pessoa sensível e de bom coração. O que pouca gente sabe foi que o cantor sertanejo entrou em uma profunda depressão e pensou em abandonar o país após romper a sua parceria com seu parceiro e amigo Leonardo.

A amizade entre os dois se desgastou nos últimos anos e de acordo com fontes ouvidas com exclusividade pelo Movimento Country, Leonardo, que tem uma vida discreta e é muito correto em seus negócios que envolvem a Talismã Music, empresa de shows que cuidava da carreira de Costa, acabou se aborrecendo com algumas atitudes do cantor.

Entre os anos de 2019 e 2020 Eduardo Costa se envolveu em dezenas de polêmicas, entre elas ele foi acusado de vazar fotos íntimas da sua ex-namorada, a modelo e digital influencer Victoria Vilarim e também teve seu nome envolvido em uma acusação de estelionato envolvendo a venda de um imóvel em Minas Gerais.

As declarações polêmicas e seu apoio público ao presidente Jair Bolsonaro acabaram desgastando demasiadamente a sua imagem junto ao público e também aos contratantes e seu comportamento inadequado e suas declarações durante as lives sertanejas colaboraram com a decisão de Leonardo colocar um ponto final na parceria.

Vale lembrar que juntos, Eduardo Costa e Leonardo foram responsáveis pela criação do projeto Cabaré, que se tornou na ocasião um dos mais importantes e caros shows sertanejos da época, lotando casas noturnas, rodeios e feiras agropecuárias.

Leia também:

Eduardo Costa pensou em lagar a carreira e deixar o Brasil

(Reprodução Instagram)
(Reprodução Instagram)

Após o rompimento da parceria com o seu ex-amigo e parceiro, o cantor mineiro entrou em depressão profunda, de acordo com pessoas próximas ao cantor e chegou a desistir da carreira.

Na ocasião o artista mineiro revelou ao Programa Melhor da Tarde, que pensou deixar o país pelas e também contou que sofreu diversas ameaças de morte por defender o presidente Jair Bolsonaro.

Recentemente em entrevista ao blog Conceito Sertanejo Eduardo Costa revelou sua revolta contra Leonardo por ter sido excluído do “Cabaré”, projeto que ele mesmo idealizou, mas que foi registrado no INPI sob o número de registro 909841004 pela Talismã, empresa de Leonardo que cuidava da carreira da sua carreira. Dessa forma, mesmo que diga “da boca pra fora” que é o dono do projeto, o cantor terá que recorrer à Justiça se quiser provar sua verdadeira propriedade, já que consta o registro no nome da empresa de Leonardo.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais