Eduardo Costa esnoba Leonardo e deixa de seguir o cantor após briga por causa do “Cabaré”

Pensando em disputar na Justiça os direitos do nome “Cabaré“, Eduardo Costa tomou uma atitude drástica com Leonardo nas redes sociais e fãs não perdoaram

O cantor sertanejo Eduardo Costa está pensando em entrar na Justiça para disputar os direitos do nome “Cabaré” com Leonardo, segundo fontes relataram ao Movimento Country. Agora, após a informação, o namorado de Mariana Polastreli tomou uma atitude contra o ex amigo que deixou os fãs estarrecidos.

Revoltado por ser excluído do “Cabaré” em meio à polêmicas com a filha de Thaeme e uma briga feia que movimentou os bastidores da amizade e é até hoje negada por ambos, Eduardo Costa resolveu colocar um ponto final definitivo na amizade com Leonardo e deixou de seguir o sertanejo no Instagram, o que obviamente gerou muita polêmica na internet.

Assuntos Relacionados 

Rapidamente os fãs perceberam o unfollow e começaram a bombar o assunto na internet, até que o colunista Leo Dias entrou em contato com Eduardo Costa questionando o ocorrido, mas o sertanejo negou que tenha deixado de seguir o ex amigo na rede social e se defendeu:

“Não estou nem sabendo. Vou entrar aqui agora. Não dei unfollow, não. De jeito nenhum, está louco? Estranho! Eu não tinha nem visto, para falar a verdade. Pode ser alguém que trabalha comigo, que tem a minha senha do Instagram, sei lá. Mas eu jamais pararia de segui-lo. Está louco?”, disparou o cantor sertanejo.

A desculpa de Eduardo Costa não foi comprada pelos fãs e nem pelo próprio jornalista, que não colocaram muita fé em suas alegações. O cantor logo voltou a seguir Leonardo na rede social e fingiu que nada aconteceu, mas fontes ao Movimento Country revelaram que exclusividade que Eduardo está pensando em brigar pelo nome da marca “Cabaré” na Justiça, já que ela pertence a Leonardo, mas foi de sua criação. Acompanhe mais detalhes abaixo.

“Cabaré” pode acabar em disputa judicial entre Eduardo e Leonardo

(Foto: Reprodução Internet)
(Foto: Reprodução Internet)

Apesar de ter sua estreia em 2014, o projeto “Cabaré” começou a ser idealizado por Eduardo Costa por volta de 2012, e o desejo do cantor era de gravar um DVD com Leonardo em um bordel (daí o nome Cabaré), mas acabou sendo rejeitado na época pela possível polêmica que resultaria. Nesse meio tempo, a Sony Music gostou da ideia do projeto mas acabou reformulando a ideia original para uma forma mais glamourizada.

Dessa forma, o primeiro DVD “Cabaré” foi gravado com um grande cenário e produção impecável, que imitava bordeis, mas de uma forma elegante e menos polêmica. É aí que começa a confusão, pois a ideia  do projeto é do próprio Eduardo Costa, mas o nome “Cabaré” foi registrado pela Talismã no INPI (número de registro 909841004). Para quem não sabe, Talismã é a empresa de Leonardo que tinha contrato com o namorado de Mariana Polastreli na época e gerenciava sua carreira.

Após todas as polêmicas nos bastidores e mais recente os escândalos na live “Cabaré”, o Movimento Country antecipou exclusivamente que os dois sertanejos teriam brigado e colocado um fim na parceria, informação que foi veementemente negada pela assessoria de imprensa dos dois cantores, mas que foi confirmada recentemente por Eduardo Costa em uma entrevista, que alegou estar magoado com Leonardo pela apropriação do projeto “Cabaré”.

Dessa forma, o Movimento Country conversou com pessoas próximas a Eduardo Costa que comentaram que o cantor sertanejo está pensando em entrar na Justiça para brigar pelo nome do “Cabaré”, de sua criação, mas que está registrado pela empresa de Leonardo. O sertanejo teria ficado muito incomodado com a participação de outros artistas em seu projeto, como Gusttavo Lima e Marília Mendonça, e está pensando em brigar pelos direitos do nome “Cabaré”, para quem sabe poder usá-lo em seus projetos ou evitar que Leonardo faça isso.

 

 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. AceitarLeia Mais