Eduardo Costa relembra infância difícil e luta para sustentar os 2 irmãos

O cantor sertanejo Eduardo Costa se emocionou ao relembrar durante participação do programa “Faustão na Band” de infância pobre e difícil

Eduardo Costa participou do programa “Faustão na Band” na última sexta-feira (1º) de abriu e surpreendeu o público ao revelar as dificuldades que viveu na infância e a batalha que enfrentou para criar os 2 irmãos.

O cantor mineiro, que foi um dos criadores do show “Cabaré”, precisou se tornar o chefe da família aos 12 anos de idade e criar dois irmãos pequenos, após alguns problemas familiares. Fausto Silva quis saber como que a música entrou na vida de Eduardo Costa e o sertanejo relembrou: “A gente é de uma família de pessoas que cantam. Meu avô era acordeonista, meus tios todos tocam”, relembrou o cantor.

O sertanejo também fez questão de lembrar da infância humilde da época em que morava na roça: “A maioria de nós artistas sertanejos, a gente veio de uma vertente muito humilde. Mas a gente tinha uma vida maravilhosa, porque quando a gente não tem conhecimento, também tá tudo certo! Quando nós tivemos o conhecimento é que a gente teve noção mesmo a vida totalmente difícil que a gente tinha”, relembrou o cantor no programa.

Leia Também:

Novo visual de Eduardo Costa agrada fãs

(Reprodução Twitter)
(Reprodução Twitter)

Eduardo Costa, que estava com cabelos longos nos últimos anos, surpreendeu seu público ao aparecer em duas fotos com um novo visual, com o cabelo curto. Na legenda, ele comemorou a mudança afirmando ter cumprido a promessa que o fez deixar as madeixas crescerem. Segundo ele próprio, a bênção solicitada foi alcançada.

Pronto. Nesse tempo percebi que não há graus de vaidade, apenas graus de habilidade em disfarçá-la. Agora eu compreendo que agitação não é vida. É vaidade. Agora tá tudo certo e até aqui nos ajudou o Senhor. Promessa cumprida, graças a DEUS”, declarou o sertanejo.

O cantor sertanejo falou sobre o tempo em que decidiu deixar o cabelo crescer durante uma live realizada no Instagram. Na ocasião, ele disse que sentiu a necessidade de deixar a sua vaidade de lado, pois acreditava que estava sentindo demais esse sentimento em sua vida.

Porque eu sempre gostei de cabelo curto e eu odeio cabelo grande, é uma coisa que me incomoda muito, por isso que eu resolvi deixar o cabelo crescer, porque voto tem que ser feito em cima de coisas que te incomodam”.