Fãs boicotam o “Cabaré” após polêmicas e pedem a volta de Eduardo Costa

As polêmicas de Bruno e Marrone e Leonardo no “Cabaré” estão desgastando o projeto, e os fãs querem Eduardo Costa de volta

Não é de hoje que o “Cabaré” é palco para polêmicas nas redes sociais. Desde a primeira live do projeto, ainda em 2020, os fãs começaram a se revoltar com a bebedeira e falas inapropriadas em cima do palco, que incluíram um “vou transar pensando no bebê da Thaeme” por Eduardo Costa. Após isso, o sertanejo e Leonardo romperam a parceria, mas muitos fãs até hoje não estão satisfeitos.

Após a saída de Eduardo Costa, outros nomes passaram a ocupar o espaço do cantor sertanejo no projeto, como Gusttavo Lima e a própria Marília Mendonça, mas foi com Bruno e Marrone que o novo “Cabaré” foi para frente: A dupla sertaneja foi anunciada como atração do projeto ao lado de Leonardo em uma participação no Fantástico, onde o pai do Zé Felipe aproveitou para mandar um recado ao ex amigo.

No entanto, o prestígio de Leonardo e Bruno e Marrone logo foi se desfazendo com o público, principalmente após as polêmicas da live “Cerveja Cabaré”, onde Bruno encheu a cara e passou a humilhar Marrone, o que gerou um climão insuportável e deu margem para boatos de que a dupla estava desgastada.

Agora, com o anúncio da gravação do novo DVD do “Cabaré” no mês de abril, que terá investimento milionário de Leonardo e Bruno e Marrone, os fãs começaram a boicotar o projeto e pedir a volta de Eduardo Costa, alegando que o cantor sertanejo foi injustiçado ao ficar de fora do projeto que ele diz ter criado.

Na postagem oficial do Cabaré, no perfil da Talismã no Instagram, dezenas de seguidores demostraram seu descontentamento com o projeto: “Corta o álcool do Bruno”, “Só não deixem o Bruno beber para não estragar o evento”. “Cabaré sem Eduardo Costa, não é Cabaré”, “Cabaré é Leonardo e Eduardo Costa”, foram apenas alguns dos comentários deixados pelos seguidores nas postagens.

Leia Também:

Polêmicas enfraquecem o “Cabaré” antes mesmo do início

Eduardo Costa e Leonardo no Cabaré (Foto: Divulgação)
Eduardo Costa e Leonardo no Cabaré (Foto: Divulgação)

A nova versão do “Cabaré” foi anunciada oficialmente em dezembro do ano passado no programa Fantástico da Globo, mas devido às polêmicas da última live, o projeto nem mesmo decolou e o público já está apontando motivos para promover o “cancelamento”, principalmente os internautas.

Parte deles pedem a volta de Eduardo Costa, um dos criadores do projeto que acabou sendo afastado após ter se envolvido em diversas polêmicas, entre elas diversas falas que deixou Leonardo constrangido durante a realização e uma live sertaneja. Além disso, o cantor foi indiciado pelo MPMG (Ministério Público de Minas Gerais) por estelionato e foi acusado de ter vazado fotos íntimas de Victoria Villarim, sua ex namorada.

Além dos que pedem a volta de Costa, tem o público que se revoltou com a forma que Bruno tem tratado o Marrone durante as apresentações do “Cabaré”. Comenta-se inclusive que o clima entre os cantores sertanejos que tem mais de 30 anos de carreira não é dos melhores.