Gabeu leva o hit “Bailão” para um programa de auditório em novo clipe do disco AGROPOC

89

É num programa de auditório que Gabeu nos entrega o universo visual de “Bailão” – hit de seu primeiro disco, AGROPOC (2021) -, e que agora chega ao formato de videoclipe numa produção dirigida por Sillas H e com a participação especial de Getúlio Abelha

Se no álbum de estreia, Gabeu se utilizou da cultura das rádios populares, que emanam o amor pelo interior do Brasil, no clipe de “Bailão” ele escolheu a TV como novo espaço para cantar. Num ambiente que emula programas de auditório, o cantor performa uma coreografia ao lado de dois dançarinos, reforçando a aura pop da canção num vídeo bem humorado e convidativo.

Estou me propondo a explorar a linha do tempo do sertanejo de uma forma que eu consiga incluir elementos que eu acho que foram importantes para a difusão da cultura caipira no passado. O álbum explora a narrativa da rádio e os videoclipes exploram as diferentes narrativas da televisão”, explica Gabeu. “Enquanto ‘Amor Rural’ é inspirado em programas infantis como Cocoricó, e ‘Sugar Daddy’ bebe de referências de novelas escrachadas das seis, o videoclipe de ‘Bailão’ segue o caminho dos programas de auditório, inspirado principalmente em Viola Minha Viola. Esta faixa sempre me remeteu a esse lugar performático, da coreografia, do palco, da banda e do brilho”, ele completa.

Leia Também:

Gabeu revela detalhe do novo clipe

Destaque em “Bailão”, a coreografia de Gabeu foi concebida por Álife Silva, que também dançou no videoclipe. “Ele garantiu que eu conseguiria pegar a dança, afinal é a primeira vez que eu me proponho a dançar de verdade”, revela Gabeu. Ao convidar o coreógrafo para o time de “Bailão”, Gabeu entregou um objetivo simples: criar uma coreografia que fosse claramente country e ao mesmo tempo simples, incluindo “um momento extremamente tiktoker, que é parte do ‘eu viro um, viro dois, viro três…’”, comenta o cantor.

Os figurinos foram pensados e produzidos por Paulo Gallo e Hilda Vieira, que se inspiraram em ícones fashion do country, como Orville Peck. “Sabíamos que deveria ter muito brilho, e por se tratar de uma música que fala de paixão, de curtição, de emoções que vem e vão de forma muito rápida, o vermelho é um tanto óbvio, mas perfeito. E tudo isso casou muito bem com os jogos de câmera e iluminação”, aponta Gabeu. Veja o clipe de “Bailão” aqui.