Dupla sertaneja Gino e Geno vencem antigo Geno na Justiça; entenda

5

Gino e Geno são liberados pela Justiça para utilizar nome artístico após briga com antigo Geno e um pedido de multa diária pelo cantor

O sertanejo Gino que foi internado com Covid-19, passou por um processo na Justiça ao lado de sua dupla, Geno. Os sertanejos venceram um processo que desenrolava-se há anos em segredo, movido por Geraldo Alves dos Santos, o antigo Geno, que tentava proibir a dupla de usar o nome do integrante após a sua saída da formação original.

Segundo o portal do G1, O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) decidiu, recentemente, que os cantores Sebastião Ribeiro de Almeida (Gino) e Mauro Avante (novo Geno), continuariam com a utilização do nome Gino e Geno para a dupla sertaneja.

Assuntos Relacionados 

O antigo Geno, Geraldo Alves dos Santos, quando saiu da parceria da dupla sertaneja em 2018, justificou que queria aproveitar a vida. Em seguida, Gino anunciou uma nova parceria: “O Geno optou por parar, descansar, curtir a família, curtir o que já fez. Mas Gino e Geno não pode parar (…). Vamos levar a alegria do Gino e Geno, continuar no mesmo clima, mesma equipe, para o Brasil inteiro”, comentou Gino.

Na época, o cantor entrou com um processo judicial contra o antigo parceiro, Gino, para impedir que continuasse a utilizar o nome artístico da dupla e pediu uma multa diária de R$ 10 mil, segundo o documento oficial do Tribunal de Justiça de Minas Gerais.

E recentemente, a Justiça liberou a utilização do nome da dupla sertaneja: “O uso do nome como marca, como no caso ocorrente, que sobre ser protegido constitucionalmente na amplitude da proteção dos direitos da personalidade, foi autorizado pelo remanescente da dupla dissolvida”, escreveu o relator do Tribunal.

A briga entre os artistas se prorroga, pois, o empresário da dupla sertaneja, Wagner Tadeu de Paula entrou com um processo por danos morais contra o antigo Geno, com um pedido de cerca de R$ 9 milhões.

Cantor sertanejo Gino, da dupla com Geno, é internado com Covid-19

(Foto: Reprodução Internet)
(Foto: Reprodução Internet)

O cantor sertanejo Gino, da dupla com Geno, está internado desde domingo (23), no Hospital Nove de Julho, em São Paulo. De acordo com as informações divulgadas com exclusividade para o Movimento Country, o cantor foi internado com suspeita de pneumonia, porém, ao realizar o teste da Covid-19, foi confirmado o vírus.

Em conversa exclusiva com o empresário da dupla sertaneja, Wagner, foi revelado que o estado de saúde do cantor é estável: “Está passando bem, graças à Deus”. Ao ser questionado sobre os sintomas, o empresário nos contou: “Na verdade, ele não está tendo nem sintoma né, como ele foi vacinado, tomou as duas doses da Coronavac, está tranquilo. Está no quarto”, revelou o empresário. O sertanejo está no quarto com a companhia de sua filha, Vanessa.

Foi informado que o sertanejo havia tomado as duas doses da vacina Coronavac, e que mesmo assim, contraiu a Covid-19. As primeiras informações foram passada para o Movimento Country através do Gotino do Balanço Geral e com exclusividade do empresário da dupla, Wagner.

 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais