Gusttavo Lima quer multiplicar sua fortuna lançando bebida para concorrer com “Cabaré”

O cantor sertanejo Gusttavo Lima deve lançar nos próximos meses sua própria bebida à exemplo do que Leonardo fez com “Cabaré

Os empresários da música sertaneja mudou o mercado do show business ao explorar comercialização de bebidas como cervejas e destilados além dos ticket dos ingressos. A prova disso é que cervejas como Brahma, Itaipava, Budweiser e Skol, são apenas algumas das marcas que patrocinam shows e festivais sertanejos além dos rodeios e festa de peão nos quatro cantos do Brasil.

Gusttavo Lima, que atualmente é dono do maior cachê sertanejo do Brasil deve lançar nos próximos meses sua própria bebida, inspirado no tradicional Campari, que é fabricado em Milão, na Itália.

O “Embaixador” deve seguir os mesmos passos do seu amigo Leonardo, que lançou a cachaça e a cerveja “Cabaré”. Já Sérgio Reis, que participou da primeira versão da novela “Pantanal” lançou em 2020 a cachaça “Pinga Ni Mim”, nome do seu maior sucesso até hoje.

O marido de Andressa Suita tem mostrado que tem “dom” para administrar sua própria carreira e seus negócios. No final do ano passado ele negociou com um fundo de investimentos toda a sua agenda para 2022 em um valor aproximado de R$100 milhões de reais.

Além disso o sertanejo comprou uma fazenda avaliada em R$247 milhões de reais para investir no agronegócio. O sertanejo que ficou conhecido como “Embaixador” após ganhar o título na Festa do Peão de Barretos, agora é reconhecido no meio como o “Embaixador do Agro”.

Leia Também:

Vida de Gusttavo Lima pode virar série

(Reprodução Instagram)
(Reprodução Instagram)

Parece que isso será possível em breve, pelo menos no que depender do empenho de algumas plataformas de streaming que estão negociando com o cantor sertanejo Gusttavo Lima para contar a sua história em formato se série documental.

Mineiro de Presidente Olegário (MG), Nivaldo Batista tem uma história de vida merecedora de um Oscar. O “Embaixador” que saiu de casa cedo, e pensou em desistir da carreira após a morte precoce de sua mãe em 2015, superou todas as dificuldades e se tornou um dos mais importantes artistas brasileiros da atualidade.

Além de liderar a lista dos maiores cachês sertanejos, Gusttavo Lima que fatura em torno de R$ 1.2 milhão por show, acaba de ultrapassar a marca de 11.1 bilhões de visualizações no YouTube.

Cercado por números impressionantes, capaz de fazer inveja à qualquer astro internacional, o sertanejo que já foi sondado para ter o seu próprio programa de TV, mas recusou, agora é cobiçado pelas plataformas de streaming que sonham ter a história de vida do “Embaixador” em seu catálogo.

O Movimento Country apurou com exclusividade que plataformas como Netflix e Amazon entraram em contato com representantes do cantor sertanejo para negociarem os direitos para contar sua história. Inclusive este teria sido um dos motivos para que o marido de Andressa Suita rescindisse recentemente o contrato com sua ex-gravadora Sony Music

Há cerca de três anos, nós publicamos o interesse das plataformas de streaming no mercado da música sertaneja após o sucesso do projeto “Marília Mendonça Em Todos os Cantos” exibido na ocasião pela Globoplay. As multinacionais tem conhecimento da força da música sertaneja no país, e não pretendem ficar fora desse nicho.

Recentemente a Netflix lançou a série “É O Amor – Família Camargo”, e a Globoplay deve lançar neste mês de abril a web série em homenagem a Chitãozinho e Xororó.