Justiça descobre show clandestino de cantor sertanejo e estabelecimento é multado

O cantor sertanejo Jefferson Moraes iria realizar um show para 200 pessoas em um bar, mas o evento foi cancelado e a organização multada

O cantor sertanejo Jefferson Moraes, conhecido pela música “Oi Nego” com a participação de Maraisa, se envolveu em uma polêmica após a Justiça descobrir um show clandestino do cantor em um bar de Campo Grande (MS) e multar o estabelecimento.

Confira as notícias do Movimento Country no YouTube

O show iria acontecer no último domingo (07), no bar Cartel, localizado no Chácara Cachoeira, capital do estado. No entanto, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano da cidade descobriu que o evento não tinha alvará e cancelou o show de Jefferson Moraes.

Segundo o Jornal Midiamax, algumas pessoas já estavam no local, incluindo a equipe do sertanejo, e a mesma com 6 pessoas estava sendo vendida por R$ 600,00. O responsável pela multa se pronunciou: “Passam dos limites, foi notificado e, agora, um auditor fiscal sanitário definirá o valor da multa, que será conforme a gravidade da infração”.

Apesar de ainda não definida pela Vigilância Sanitária, o valor da multa pode variar de R$ 100,00 a até R$ 15 mil, dependendo da gravidade do ocorrido. Jefferson Moraes não se pronunciou sobre o assunto e nem foi penalizado pelo show.

Leia também

Israel Novaes passou pela mesma situação

(Foto: Internet)
(Foto: Internet)

Recentemente, o cantor sertanejo Israel Novaes se apresentava em um bar na cidade de Prefeitura de Patos de Minas, em Minas Gerais, quando a polícia interrompeu o local com mandato de fechamento do bar e deixou os presentes chocados.

Marcela Porto, coordenadora da Vigilância Sanitária da cidade, alegou que o motivo do fechamento era o descumprimento do distanciamento das mesas do local. Na intervenção, os policiais mandaram fechar o local e os presentes tiveram que consumir as bebidas e comidas imediatamente, pagar a conta e ir embora.

Ouça os principais lançamentos sertanejos no Spotify

Ainda, segundo o site, algumas pessoas estavam em pé e não faziam o uso de máscara. A polícia determinou o fechamento do local por 15 dias e aplicou uma multa de R$ 400,00 ao dono do estabelecimento. Apesar de estar se apresentando no local, o cantor Israel Novaes não foi penalizado.