Jornalista detona Wesley Safadão após perdão a DJ Ivis em show: “Um espancador de mulher”

Wesley Safadão se envolveu em uma grande polêmica após convidar DJ Ivis para subir no palco de seu show e gerou revolta no público, que chegou a vaiar Ivis em outra ocasião

O show de Wesley Safadão no último fim de semana ainda está dando o que falar. O “Garota VIP” contou com a presença de vários famosos, como Zé Neto e Cristiano, João Gomes, Léo Santana e Matheuzinho, mas a presença de uma pessoa em especial gerou revolta no público e alguns famosos: DJ Ivis, preso e condenado por agressão à ex esposa, que foi  solto no fim de outubro após cumprir apenas 3 meses de pena.

Um dos que mais se incomodaram com o fato foi o jornalista Luiz Bacci, que comanda o programa Cidade Alerta na Record TV e deu muita ênfase ao caso de espancamento de Ivis em sua programação. O jornalista revelou que chegou a comprar ingressos para o evento, mas desistiu de ir após descobrir que o produtor estaria no local.

Ele chegou a ser avisado por outros convidados vips que estavam na plateia e que, segundo ele, também se sentiram desconfortáveis na presença do famoso, e aproveitou para detonar Ivis e Safadão ao vivo durante o seu programa nesta segunda-feira (06):

“Esse homem que foi gravado espancando a mulher é o que estava nos bastidores do show do Wesley Safadão. Comprei cinco ingressos, ia com os meus amigos, mas fiquei decepcionado, extremamente decepcionado. Vários artistas que foram convidados para o seu show aqui em São Paulo se sentiram desprestigiados. Pô, convidado vip do lado de um cara que acabou de sair da cadeira porque espancou a mulher? E ele não cumpriu pena! Foi solto e está respondendo em liberdade”, começou o desabafo.

“O próprio Safadão me mandou mensagem ontem: ‘Quem sou eu para julgar o DJ Ivis?’. Você é um formador de opinião! Não estou querendo que você se vingue do DJ Ivis, bata ou saia xingando ele, mas acho que não é correto você colocar no palco, ter ele no seu show como um convidado vip”, detonou o jornalista, expondo a opinião de Wesley Safadão.

“O que acho, Safadão? Minha opinião, quem sou eu perto de tanta gente que fica no seu ouvido puxando teu saco? Comigo não! Esse DJ Ivis, espancador de mulher, deve ficar em casa! Se você acha que é um bom compositor, pelo jeito é, um monte de gente gosta do trabalho dele, deixa ele em casa compondo, mas não coloca em cima do teu palco”, encerrou.

O vídeo logo viralizou na internet e foi compartilhado por milhares de pessoas nas redes sociais. Assim como Bacci, muitas pessoas detonaram a atitude de Wesley Safadão e outros artistas, como João Gomes, que chegou a publicar uma foto de Ivis dizendo que “só quem julga é Deus”. Em outra ocasião, o produtor chegou a subir no palco de Tarcísio do Acordeon, mas saiu às pressas após ser vaiado pelo público presente. DJ Ivis não se pronunciou sobre os acontecimentos.

Relembre a polêmica de espancamento de DJ Ivis

(Foto: Reprodução Internet)
(Foto: Reprodução Internet)

Iverson de Souza Araújo, mais conhecido como DJ Ivis, foi preso no dia 14 de julho na cidade de Fortaleza onde morava. Após vídeos do cantor e compositor espancando a ex esposa Pamella Holanda serem expostos nas redes, a classe artística se manifestou em solidariedade à vítima. Menos de uma semana após a prisão, a defesa de Ivis tentou a concessão de um habeas corpus, que foi no entanto, negado pela Justiça.

Causando grande revolta diante de todo o público que desconhecia a verdadeira personalidade do artista que vinha difundindo o ritmo piseiro, o DJ Ivis teve sua aparência na prisão onde está detido, na Unidade Prisional Irmã Imelda Lima Pontes, em Aquiraz, no Ceará, exposta. Com um semblante bem diferente de quando tentava justificar as agressões covardes e com o cabelo raspado, o artista foi novamente rechaçado pelos internautas.

Veja a foto:

Justiça nega habeas corpus à DJ Ivis e foto do artista detonado na prisão vaza na web (Foto: Reprodução/Divulgação SSP-CE)
Foto de DJ Ivis na prisão vaza na web (Foto: Reprodução/Divulgação SSP-CE)

 

A violência doméstica sofrida por Pamella ainda durante a gestação, tomou conta dos assuntos mais comentados tendo em vista a influência do DJ, que estava em alta nas plataformas digitais. Após muitos pedidos de habeas corpus, o artista foi solto no final de outubro deste ano após passar 3 meses preso por causa das agressões.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. AceitarLeia Mais