Domingão com Huck leva o Brasil às lágrimas com trajetória difícil de Marília Mendonça

Da infância humilde para a maior voz sertaneja da atualidade: História de Marília Mendonça emociona o Brasil no Domingão com Huck

O Brasil voltou a chorar pela morte de Marília Mendonça neste domingo, apenas um dia após o sepultamento da cantora sertaneja que aconteceu no sábado (06). O programa Domingão com Huck de hoje é inteiramente dedicado à rainha da sofrência e já começou tirando lágrimas do público brasileiro.

Luciano Huck, após um breve bate papo com Paula Fernandes, que cantou “Infiel“, maior sucesso de Marília Mendonça, mostrou um VT especial contando a história da cantora sertaneja, desde sua infância conturbada até se tornar o maior nome da música brasileira no YouTube.

Marílai Mendonça começou sua carreira aos 12 anos, incrivelmente compondo sobre amor e cotidiano adulto. Ali o seu talento começou a dar às caras no sertanejo e desde então a sertaneja começou a compor pra valer para os principais nomes da música, principalmente em Goiânia. Guilherme e Santiago, Henrique e Juliano, Maiara e Maraisa e muito mais foram agraciados com as suas escritas.

Aos 14 anos, Marília começou a cantar nos barzinhos de Goiânia, com sua mãe Ruth Moreira a assistindo nos cantos, cumprindo sua missão de mãe e maior companheira da vida da cantora sertaneja. Por volta dos 20 anos, sua vida mudou do dia para a noite: de repente a menina dos olhos brilhantes e sorriso largo tinha conquistado o Brasil. O motivo? Uma música contando sobre traição, que certamente fez muita gente se identificar.

Desde então, Marília Mendonça fez uma escalada incrível até o topo da música sertaneja. Cantora mais tocada no Brasil desde 2019, recordista das lives e artista brasileira mais vista no YouTube de todos os tempos, nossa cantora sertaneja favorita ainda tinha muito a viver e conquistar, sonhos a realizar e corações a tocar.

Como diria nosso grande amigo Cristiano Araújo, “O que temos pra hoje é saudade”.