Raul Gil é vítima de golpe milionário e cantor sertanejo presta queixa após ser enganado

87

Vítima de estelionatários, Raul Gil é envolvido em escândalo com bandidos que aplicam golpes em cantores e prometem levar em seu programa

Que situação! O apresentador Raul Gil, que já recebeu inúmeros cantores sertanejos em seu programa e revelou grandes nomes da música, está sendo vítima de bandidos que estão usando seu nome e o de seu programa para aplicar golpes em jovens artistas. O Movimento Country teve acesso às informações de que uma quadrilha de estelionatários prometem conseguir uma participação no programa de Raul Gil, mas o resultado vocês já devem saber qual é.

Atuando no trecho Rio-São Paulo, os bandidos fazem a promessa aos artistas e cobram da vítima um valor que varia entre R$ 3500,00 e R$6000,00, agenda uma suposta data de participação no programa e assim cobra um PIX no valor combinado. É aí que a ação começa: no dia agendado para a gravação, a quadrilha envia um áudio para os artistas avisando que Raul Gil está doente e por isso a gravação do programa foi suspenso.

Assuntos Relacionados

Para o crime parecer ainda mais verídico, a vítima recebe ainda um suposto print com uma conversa falsa dos produtores (golpistas) e “Raulzinho”, filho do apresentador e diretor de seu programa no SBT. Uma das vítimas do golpe foi o cantor Bob Lee, que prepara o lançamento da música “Pegada de Vaqueiro”. O cantor acreditou nos bandidos e arcou com o custo das passagens, hospedagem e horas antes de embarcar recebeu a notícia do cancelamento, após efetuar todos os pagamentos.

Sem conseguir um retorno do valor e nem uma previsão de participação no programa de Raul Gil no SBT, ele percebeu que caiu em um golpe. Bob Lee abriu um registro de ocorrência na 12º DP, no Bairro de Copacabana, no Rio, na tarde desta terça-feira, 31 de agosto. Paula Alves, advogada do cantor, comenta a queixa e o que pode acontecer com os bandidos agora:

“Vemos, claramente, a prática do crime de estelionato, previsto no artigo 171 do código penal, pois a vítima teve o seu patrimônio atingido a partir de um ardil do criminoso que tinha o objetivo de obter vantagem financeira para si. A pena para este tipo de crime varia entre 1 a 5 anos e multa. Ele poderá ser preso mas isso depende de outros fatores como, por exemplo, se ele não for réu primário. A reparação esperada para a vítima é a devolução do dinheiro, mas nestes casos é comum que o estelionatário já tenha passado o dinheiro para conta de comparsas, dificultando o resgate e ressarcimento para a vítima”.

Eduardo Costa foi vítima de golpe parecido

(Foto: Reprodução/YouTube)
(Foto: Reprodução/YouTube)

O cantor sertanejo Eduardo Costa, que pediu uma fã em namoro recentemente durante sua live sertaneja, fez um alerta importante em suas redes sociais. Um golpe que é muito comum na internet acabou fazendo com que o cantor se posicionasse para alertar amigos e seguidores que pudessem ser abordados pelo golpista.

Eduardo fez parte do grande projeto “Cabaré” ao lado de Leonardo, que chegou ao fim antes de completar 7 anos devido à brigas e polêmicas, usou os stories de seu Instagram para expor a abordagem perigosa e persuasiva do estelionatário e fez um apelo aos fãs para não caírem na conversa do bandido.

O print de uma conversa resumia bem como o golpe seria feito. Ao se passar por Eduardo Costa, uma pessoa anônima, porém com a foto do músico, pedia uma quantia significativa de dinheiro alegando que precisava quitar uma dívida. Em sua página, a assessoria escreveu: “Cuidado! Esse número está se passando pelo Eduardo Costa. Compartilhem”.

(Foto: Reprodução/Instagram)
(Foto: Reprodução/Instagram)