“Pantanal”: Sertanejos disputam vaga para a trilha sonora da nova novela da Globo

Saiba quais artistas sertanejos podem cravar seus nomes na trilha sonora do remake da novela “Pantanal“, que irá ocupar o horário nobre da Globo

O remake da novela “Pantanal” é uma das maiores apostas da Globo para o retorno de suas produções inéditas, e muitos rumores/especulações rondam os bastidores da novela que fez muito sucesso na década de 90 com as atuações de Sérgio Reis e Almir Sater como Tibério e Trindade, que renderam até lutas com  jacarés no local das gravações, conforme o cantor sertanejo revelou em entrevista exclusiva ao Movimento Country.

A primeira versão de Pantanal ficou marcada pela qualidade da trilha sonora sertaneja que embalou a novela de sucesso. Almir Sater, Sergio Reis, Sá e Garabira e Renato Teixeira foram alguns nomes que brilharam na trilha sonora da versão original da novela exibida pela extinta TV Manchete entre 27 de março a 11 de dezembro de 1990, e a expectativa para a trilha do remake tão grande quanto.

Quanto a isso, o Movimento Country foi atrás de Yassir Chediak, cantor e multi-instrumentalista que irá trabalhar junto à Globo na trilha sonora e possivelmente dará uma assessoria na produção da novela. Descobrimos que a emissora, juntamente com os produtores, ainda não começaram a selecionar as músicas e artistas que irão compor a trilha sonora de Pantanal, mas já correm alguns rumores de alguns possíveis nomes que podem se destacar na novela.

Entre os mais cotados para terem suas músicas na novela Pantanal ou interpretarem outras canções são primeiramente Almir Sater e Sérgio Reis, que brilharam na primeira versão. Quanto ao segundo nome, ainda é incerto o possível interesse da Globo devido às suas posições governamentais dos últimos meses. Outros nomes que podem estar sendo cotados para dar uma levantada na trilha sonora são Marília Mendonça, Leonardo e Gusttavo Lima, devido ao seu grande apoio popular, o que poderia atrair mais atenções para a novela.

E aí, quem vocês querem ver na trilha sonora de “Pantanal”?

Sérgio Reis lutou com jacarés nos bastidores de “Pantanal”

(Foto: Reprodução Internet)
(Foto: Reprodução Internet)

O cantor e compositor Sérgio Reis, de 81 anos, teve surpresas negativas após atacar a democracia e está proibido de se aproximar da praça dos Três Poderes, em Brasília, além de ter sido alvo de mandados de busca e apreensão da PF. Com canções que marcaram a música sertaneja tradicional, Reis chegou a participar da novela Pantanal e deu declarações surpreendentes dos bastidores.

Com a possibilidade de um remake da trama de sucesso dos anos 90, Sérgio Reis contou exclusivamente ao Movimento Country alguns detalhes exclusivos que eram desconhecidos pelo público. Por levar o nome do bioma, as gravações tiveram cenários naturais do próprio Pantanal e foi aí que surgiram histórias surpreendentes contadas pelo sertanejo.

“Não teve estúdio, nada. Muito pouca coisa em estúdio. Passamos um ano lá dentro (do Pantanal) com jacarés querendo pegar a Juma e eu meti o pé na cabeça dele, é a realidade, não brincadeira.”, revelou Sérgio Reis, que enfrenta depressão e ataque de diabetes devido à repercussão negativa de seu áudio vazado em que ele defende uma intervenção militar no país.

Na época, as revelações chamaram atenção e levando em conta os sustos das gravações passadas, a TV Globo planeja produzir um cenário gigantesco jamais feito pela emissora. Para reproduzir fielmente os detalhes do bioma, a cidade cinematográfica pode contar com aproximadamente 20 mil m².

Confira na íntegra as declarações de Sérgio Reis no canal do Movimento Country:

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais