Simone Mendes esnoba convite da Globo para reality e detona: “Achei melhor não estar lá”

35

A cantora sertaneja Simone Mendes não quis fazer parte do júri da segunda temporada do programa The Masked Singer e se explicou sobre a decisão

A segunda temporada do The Masked Singer estreia no dia 23 de janeiro, um domingo, na tela da Globo, e a produção já coleciona algumas polêmicas. Após a informação de que a emissora teria convidado Gusttavo Lima para ser um dos mascarados e ele recusado, agora outra baixa afeta a produção: Simone Mendes não fará mais parte do júri do programa.

LEIA TAMBÉM:

Sucesso na primeira temporada, a cantora sertaneja Simone, da dupla com Simaria, não quis compor o elenco da segunda temporada do The Masked Singer. A cantora usou suas redes sociais para explicar a sua saída e não expôs motivos, o que deixou os fãs com a pulga atrás da orelha: “Não vou estar no ‘The Masked Singer Brasil’ neste ano. Fui chamada, sim, para estar neste ano. Mas, por alguns motivos, achei melhor não estar lá”, disparou.

Simone será substituída pela humorista Tatá Werneck na bancada de jurados e aproveitou para tecer elogios aos colegas de programa, ressaltando ainda que logo voltará para a Globo em outra oportunidade: “A Ivete é uma anja, todos os jurados são pessoas do bem, eu amo… Desejo muita sorte para a Tatazinha que está chegando aí. Já, já devo aparecer aí em alguma outra oportunidade”.

Apesar da saída de Simone do The Masked Singer, um plot twist pode estar por vir: Uma lista, divulgada por um site especializado em TV, mostra a cantora sertaneja como possível participante mascarada do programa, ao lado de nomes como Rebeca Andrade (ginasta) e Luciano Camargo, irmão de Zezé, que também está cotado para fazer parte do The Masked.

Será que isso pode acontecer?

Sem Simone e Simaria, The Voice Kids derrapa em audiência

Dupla Simone e Simaria
Dupla Simone e Simaria (Foto: Agatha Gameiro)

2021 não foi um ano bom para o domingo da Rede Globo. Após a saída de Fausto Silva do seu “Domingão do Faustão” parece que o fim de semana não tem sido mais o mesmo para a emissora carioca. Como se não bastasse ver a audiência do seu domingo derretendo nas mãos de Luciano Hulk, outro projeto perdeu força esse ano.

Sem Simone e Simaria e com a troca de André Marques por Márcio Garcia, parece que o público perdeu interesse pelo programa que promete revelar novos talentos mirins. Ficou tudo muito obvio desde o início do programa, e o hexacampeonato de Michel Teló, mesmo que merecido, ficou cansativo para o espectador.

A 6ª temporada do The Voice Kids chegou ao fim com a pior média de audiência da história. O reality musical da Globo, desta vez apresentado por Márcio Garcia, foi encerrado ontem (26) com a vitória de Gustavo Bardim, do time Michel Teló. Os dados são referentes a Grande São Paulo.

No ar das 14h18 às 15h48, o programa acumulou 13,3 pontos, 15,7 de pico e 27,7% de participação no número de televisores ligados (share). Na média geral, o programa alcançou 12,1 pontos, batendo a edição do ano anterior, com 12,8 – interrompida pela pandemia de coronavírus em março e retomada apenas em setembro.

Para estancar a queda de audiência da sua programação dominical, a Globo pretende mexer novamente no The Voice Kids e há quem torça pela volta de André Marques na volta do comando da atração.