Sorocaba rasga elogios à Luan Santana, detona Gusttavo Lima e gera polêmica entre fãs

3

Para o cantor Sorocaba, Luan Santana abriu caminhos para que Gusttavo Lima pudesse fazer sucesso, o que gerou polêmica nas redes sociais

O cantor sertanejo Sorocaba se envolveu em uma grande polêmica após ter documentos apreendidos em processo judicial e ver a esposa ser internada às pressas por causa de um procedimento estético. Dessa vez, o parceiro de Fernando Zor colocou Luan Santana acima de Gusttavo Lima e gerou revolta em alguns fãs do Embaixador.

–  Acompanhe as notícias do Movimento Country no Instagram

Em uma entrevista ao jornalista André Piunti, Sorocaba revelou que Luan Santana foi o responsável por ajudar todos os outros cantores sertanejos do momento a fazer sucesso, inclusive sua dupla, Fernando e Sorocaba:

“Ele foi divisor de águas não só para mim, mas para todo o cenário da música sertaneja. Gusttavo Lima existe por causa de Luan Santana”, disparou, para a infelicidade dos fãs de Gusttavo, que carregam grande rivalidade com Luan.

Para Sorocaba, Luan Santana terminou o que Michel Teló começou a fazer: acabar com a tradição das duplas sertanejas. O primeiro sertanejo solo a fazer sucesso estrondoso no Brasil abriu a mente dos consumidores de música e ajudou no surgimento de nomes como Gusttavo Lima e Cristiano Araújo:

“O fato do Michel Teló ter saído do Tradição teve uma certa influência do projeto do Santana e ele já falou isso em entrevista. O Cristiano falava que virou solo por conta do Luan. Abriu um leque para outros artistas. Talvez nem o Luan saiba o quanto ele foi importante para esse momento da música sertaneja e o quanto ele fez para esse ecossistema todo”, disse.

Leia também

Sertanejo teve documentos apreendidos após processo

(Foto: Reprodução Internet)
(Foto: Reprodução Internet)

O cantor sertanejo Sorocaba, da dupla Fernando e Sorocaba, se envolveu em uma grande polêmica após o também cantor Humberto Santiago Rodrigues, antigo Fernando da dupla, abrir um processo contra o ex parceiro e exigir indenização milionária por quebra de contrato.

Segundo informações divulgadas pelo Jornal Extra, Humberto busca seus direitos referentes à criação da marca Fernando e Sorocaba, já que foi o primeiro Fernando da dupla e posteriormente substituído por Zor.

O processo já corre na Justiça há anos e em 2014 ambos firmaram um contrato que incluía uma cláusula de sigilo (não informada), o que resultaria em uma multa no valor de 1 milhão de reais para quem descumprisse o acordo.

Agora, anos após o acordo, foi constatado que Sorocaba quebrou tal sigilo e dessa forma terá que pagar R$ 1 milhão para Humberto, que usa o nome artístico de Fernando Santiago, e mais os valores de honorários advocatícios.

– Confira as notícias do Movimento Country no YouTube

No entanto, Sorocaba não tinha o montante do valor em bens para que fossem penhorados, o que levou a Justiça a bloquear o passaporte e a carteira de habilitação do cantor sertanejo. Após a polêmica, a defesa do cantor entrou com um mandato de segurança para liberação dos bloqueios e os documentos foram desbloqueados.

Confira no YouTube as últimas notícias do Movimento Country:

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais