EUA vai liberar os shows em maio, mas só para quem estiver vacinado

1

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, já projetou para o país que todos estejam vacinados até Maio, e com isso, a volta de shows

Existem muitas especulações sobre a volta dos shows no Brasil e no mundo. Nesse mês, a volta de shows e turnês têm estado em pauta nos EUA. Isso porque, o presidente Biden adiantou muito a campanha de vacinação no país desde que assumiu o posto na Casa Branca, e prevê a vacinação de toda a população americana até Maio.

Confira as notícias do Movimento Country no YouTube

Enquanto isso, no Brasil, vemos diariamente inúmeros ídolos da nossa música sendo acometidos pelo vírus e altos números de contágio e mortes que agravaram de Janeiro para cá, o famoso e prestigiado festival de Barretos pode ser cancelado novamente em 2021 em função da Covid-19.

Alguns dizem que a volta só será possível com a vacinação completa e outros insistem na retomada dos eventos, independente da campanha de imunização. O presidente da Live Nation, empresa produtora de eventos, Bob Roux, disse que “com as vacinas disponíveis a todos, nós estamos confiantes que eventos podem voltar à capacidade normal logo depois”.

Em contrapartida, o assunto diverge entre os gerentes de turnês. Alguns alegam preferir aguardar até 2022, para não fazer nenhum tipo de anúncio equivocado e outros asseguram que, no máximo, até Outubro, pelo menos, shows de menores proporções já terão voltado.

Leia também

Festa do Peão de Barretos 2021 pode ser cancelada

(Foto: Reprodução/Internet)
(Foto: Reprodução/Internet)

A tradicional Festa do Peão de Barretos deve sofrer, mais uma vez, as implicações da pandemia de Covid-19 agora que vivemos seu pior momento no Brasil. Com hospitais colapsados e a vacina chegando a conta-gotas para o público, certamente podemos dar adeus para a edição do Rodeio de Barretos em 2021.

+ Ouça os principais lançamentos sertanejos no Spotify

No entanto, uma nuvem de incertezas assombra os idealizadores da festa, que é a maior da América Latina e reúne milhões de telespectadores nos seus 10 dias. A Festa do Peão de Barretos encaminha para seu segundo cancelamento seguido, motivada pelo agravamento da pandemia no Brasil.

O principal motivo é o colapso do sistema de saúde e as medidas restritivas rigorosas que os governadores têm adotado, incluindo lockdown em algumas regiões do país. Apesar de faltarem 5 meses para o evento, a pandemia não dá indícios de que diminuirá drasticamente a ponto de podermos frequentar lugares aglomerados ainda neste ano.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais