Zé Neto e Cristiano são a dupla sertaneja mais ouvida da internet e lideram o ranking no Spotify

5

No topo das plataformas de streaming enquanto dupla sertaneja, Zé Neto e Cristiano conquistam uma legião de fãs em meio à polêmicas

“Vamo tomar uma ah ah ah” (…) Começamos esse texto especial te convidando a abrir uma cerveja para celebrar o sucesso de Zé Neto e Cristiano nas plataformas de streaming, e nada melhor do que celebrar com um dos novos hits da dupla. É inegável a informação de que a dupla sertaneja já se envolveu em grandes polêmicas, como acusações de homofobia e mais recentemente uma romaria para Aparecida que deu o que falar entre os defensores dos animais.

Apesar de todas as polêmicas, carisma não falta para Zé Neto e Cristiano, além do bom e velho sucesso que é bom e todo mundo gosta. No auge das plataformas digitais, a dupla goiana sabe muito bem aproveitar suas composições para emplacar hits e isso faz deles, hoje, a dupla número 1 do Spotify e do YouTube, as duas maiores plataformas do mundo.

Dividindo o palco com Gusttavo Lima no Spotify e a coroa com Marília Mendonça no YouTube coladinhos com Henrique e Juliano, Zé Neto e Cristiano se destacam a frente das outras duplas sertanejas e hoje ocupam a segunda posição dos sertanejos mais populares no Spotify e ficam em 3° lugar no YouTube. Se tratando apenas de duplas, carimbam o primeiro lugar entre os concorrentes de peso na plataforma de áudio e ficam atrás apenas de Henrique e Juliano na de vídeos.

Para se ter uma ideia de tamanho sucesso, Zé Neto e Cristiano possuem 8,5 milhões de ouvintes mensais no Spotify. Um dos seus últimos singles, “Você Beberia Ou Não Beberia?” já se aproxima das 50 milhões de reproduções na plataforma e fechou a última semana como a quinta música mais reproduzida em todo o Brasil. Tanto sucesso em seu novo EP “Chaaama” dá a eles essa posição privilegiada entre as outras duplas sertanejas.

Assista o sucesso do momento de Zé Neto e Cristiano, “Você Beberia Ou Não Beberia?”:

Dupla investiu fortuna em DVD e não teve retorno

(Foto: Reprodução Internet)
(Foto: Reprodução Internet)

Embora as lives sertanejas tenham sido uma válvula de escape para os artistas terem algum retorno financeiro durante o isolamento, os investimentos feitos antes da pandemia foram por água abaixo com a suspensão dos eventos presenciais. Zé Neto e Cristiano por exemplo, acabaram se frustando por não terem o retorno esperado de um investimento de R$4 milhões no DVD “Por Mais Beijos Ao Vivo, gravado em Belo Horizonte (MG).

“É um investimento alto. Ninguém fala isso, mas eu vou falar aqui. Hoje, [por exemplo] para você tocar em algumas rádios, você precisa pagar. Para lançar uma música, você paga uma bala. Internet, mais uma bala”, revelou Zé Neto à coluna de Leo Dias.

Além disso, segundo os artistas, é necessário ao menos seis meses de shows e eventos para arcar com um alto valor investido: “A pessoa tira o pé, por que você fala assim: ‘Cara, vou lançar um trabalho novo, esse trabalho exige um gasto alto e eu vou lançar ele e não vai ter show, que é o nosso retorno’”, comentou Cristiano.

Devido à muitos questionamentos sobre a situação financeira dos artistas, Zé Neto se adiantou e falou sobre a reserva da dupla: “Cara, a gente tem [reserva financeira] para uns seis meses. Ninguém esperava uma reserva de quase dois anos, c******. Não existe isso aí. Todo mundo precisou tirar o pé e ver o que estava acontecendo”, disse o cantor.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais