Após ser barrado em aeroporto, Zé Neto vai parar na Justiça para anular dívida

5

Sertanejo Zé Neto, da dupla com Cristiano, quer anulação de cobrança de três boletos de R$58,5 mil já que desconhece origem das dívidas

O cantor de música sertaneja Zé Neto, da dupla com Cristiano, que viajou recentemente com grande quantia em dinheiro para o México e quase foi barrado, move desde abril do ano passado, um processo através de seus advogados para que uma dívida no valor de R$58 mil seja anulada. Isso porque, ele caracteriza a situação como uma “angústia diária de ter seu nome negativado”.

De acordo com a colunista Fábia Oliveira, o sertanejo, que constantemente se envolve em polêmicas, as cobranças de três boletos distintos no valor de R$15 mil, R$18 mil e R$25,5 mil foram emitidos em seu nome, no entanto, ele desconhece a origem das dívidas e afirma não ter feito nenhum negócio com as quantias.

Assuntos Relacionados

Na ação, a parte favorecida seria de uma pecuarista de Uberaba (MG) mas, sem a procedência de maiores esclarecimentos sobre o lado devedor do sertanejo, ele saiu vitorioso na primeira instância do processo. Sendo assim, a 4ª Vara Civil de São José do Rio Preto, São Paulo, proferiu através da sentença do juiz Paulo Sérgio Romero Vicente Rodrigues que“Julga-se procedente esta ação judicial, para confirmar as tutelas deferidas, declarar que o autor não deve os valores cobrados e protestados e que são inexigíveis”.

Embora ainda caiba recurso, caso não haja contestação, Zé Neto pode em breve se livrar do processo, que ainda deixou evidente a quantia de R$800 que são devidos à títulos honorários para os advogados do sertanejo, além de demais gastos processuais.

Relembre quantia irregular levada por Zé Neto ao México

(Foto: Reprodução Internet)
(Foto: Reprodução Internet)

Na tentativa de passar as férias em Cancún, no México, o cantor Zé Neto, da dupla com Cristiano, colecionou mais uma polêmica para conta. Isso porque depois de ser acusado de homofobia durante uma live e julgar o procedimento de aumento peniano do cantor Tiago, o sertanejo não declarou uma quantia significativa na viagem e acabou sendo barrado pelas autoridades do México.

A permissão para ingressar com dinheiro no país sem precisar regularizar na receita é de que o passageiro leve até dez mil reais, o que equivale a dois mil dólares. No entanto, o sertanejo extrapolou a quantia, levando dez mil dólares, e deixou de fazer uma declaração eletrônica de bens de viajantes.

Após ser barrado, ele acabou fazendo a documentação necessária, declarou o dinheiro e conseguiu entrar no país. Nas redes sociais, o cantor exibiu vídeos de sua chegada com a esposa e o parceiro de palco Cristiano em Cancún, onde eles passarão as férias antes dos compromissos profissionais previstos para setembro.

Isso porque, a dupla de música sertaneja fará um show com a presença de público no próximo mês no evento Villa Country. O anúncio acabou dividindo a opinião dos internautas, já que muitos levaram em conta que a pandemia não acabou e aglomerações precoces podem ajudar a difundir novas variantes do vírus que já matou mais de 560 mil brasileiros.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais