Zé Neto se revolta após ser acusado de maus-tratos, entra com ação contra Luisa Mell e promete deixá-la na miséria

Zé Neto processou Luisa Mell, a ativista dos animais, após ser detonado por ela e acusado de maltratar animais para cumprir promessa

O cantor sertanejo Zé Neto, da dupla Zé Neto e Cristiano, se envolveu em uma grande polêmica recentemente após resolver pagar uma promessa indo a cavalo até a cidade de Aparecida do Norte (SP). A partir do momento que divulgou a informação, o sertanejo foi detonado na internet e inclusive levou uma dura de Luisa Mell, ativista dos animais, que chegou a acusá-lo de maus-tratos por usar um burro para pagar a sua promessa.

O assunto rendeu muito ‘pano pra manga’ nas redes sociais e os dois chegaram a trocar farpas. A influenciadora chegou a publicar um vídeo mostrando outras situações de maus-tratos em romarias e acabou gerando revolta no cantor sertanejo, que alegou na época estar tratando seus animais muito bem e com acompanhamento de veterinários. Em seu pronunciamento, Zé Neto chegou a ameaçá-la de processo; dito e feito: ele abriu uma ação judicial contra Luisa Mell pelas acusações.

Segundo informações do G1, Zé Neto está pedindo 30.731,00 por danos morais e a exclusão do vídeo do Instagram após ter sido acusado de maus-tratos. Na ação, os advogados do cantor sertanejo alegam que a publicação da ativista é inverídica e causou danos na imagem de Zé Neto. Gustavo Marzagão, juiz responsável pelo caso, estipulou um prazo de 2 dias para que a ativista exclua o vídeo detonando o parceiro de Cristiano de suas redes sociais:

“A despeito da cognição sumária, própria deste momento processual, há elementos que sustentam a tese defendida pelo autor no sentido de que a postagem feita pela ré – composta de um vídeo e uma legenda – divulga fato inverídico, qual seja, o de que o autor teria realizado uma viagem de 1180 km montado em um único burro para pagar promessa, quando, de acordo com os documentos que instruem a inicial, a rota entre Camanducaia e Aparecida tinha aproximadamente 141 km, foi percorrida em cinco dias, com revezamento entre os animais, os quais tiveram acompanhamento de dois médicos veterinários, que asseguraram as normas de bem-estar dos animais”, escreveu.

“Em razão desse destaque, as opiniões que emite por meio destes canais de comunicação ganham rapidamente repercussão nacional, atingindo milhões de pessoas. Para que possa ser legitimamente exercido, o direito de crítica deve recair sobre um fato verídico o que, a princípio, não ocorreu no caso em exame, porque a ré não se limitou a criticar o uso do animal pelo autor, mas lhe atribuiu fato inverídico, desbordando do seu direito e ingressando no campo do ilícito”, escreveu Gustavo Marzagão em outro trecho.

Caso vença o processo, Zé Neto pretende doar o dinheiro da indenização para uma ONG que trabalha com cuidados e proteção de animais.

Relembre a troca de farpas entre o cantor e a influenciadora

(Foto: Reprodução Instagram)
(Foto: Reprodução Instagram)

A atitude de Zé Neto, tida como fiel por grande parte dos devotos, dividiu opiniões na internet e gerou revolta em milhares de internautas, que detonaram sua atitude. Em um vídeo com imagens fortes mostrando maus tratos de animais em romarias, Luisa Mell fez um textão massacrando o cantor sertanejo e ainda expondo críticas que estava sofrendo:

“O cantor Zé Neto resolveu fazer uma promessa, mas quem vai pagar é o burro. O animal será obrigado a andar 1.180 km com o cantor montado nele. Obviamente fiquei indignada. Se a promessa é um sacrifício que a pessoa vai fazer, qual o sentido em condenar um animal a pagar? Pq n vai a pé? Pq n vai de bicicleta? Pq n ajoelha no milho? Pq n vai carregando uma cruz nas costas? Todos os anos, recebo centenas de vídeos de cavalos, burros, mulas sofrendo todo tipo de maus tratos em romarias. Em dezembro de 2020 jogaram um cavalo de uma ponte ainda vivo pq ele n aguentava mais andar!!!! (…) Aqui n abaixamos a cabeça para exploradores de animais, nem para machistas escrotos. E eles querem me convencer que isto tudo é para agradar a Deus?!! Que Deus é esse?”.

Após ser detonado por internautas, Zé Neto resolveu se pronunciar sobre a polêmica e gravou alguns vídeos em seus stories se defendendo das acusações: “Mostrar para vocês a saúde dos animais. Todos os animais gordos, comendo feno… isso aqui é para provar para vocês, gente. Saiu um monte de comentário, um monte de gente falando m*rda, é porque talvez não saiba ou não conheça. A gente reveza um animal por dia, estão aqui nossos dois veterinários, com certeza sempre preservando o melhor estado de saúde dos animais. E estamos aí, galera, vamos mais um dia”, disparou.

Apesar das informações de que a distância entre Aparecida e Londrina seja de cerca de 1180 quilômetros, Zé Neto negou a informação e rebateu os dados, alegando que estava na verdade saindo de Camanducaia (MG): “Nós estamos andando cerca de 300 quilômetros mais ou menos, 200 e pouco. A gente vai andando dentro do limite dos animais e da gente também, falar pra vocês, moçada. Pra quem não sabe e não conhece, haja hipoglós”.

“A gente vai fazer o caminho todo em cerca de uns cinco, seis dias. Andando cerca de 25, 30 quilômetros… tem alguns caminhos que levam cerca de 40 quilômetros num dia, mas tudo revezando os animais. A gente está com todos os amparos e com certeza preservando a saúde dos animais e dos cavaleiros também”, explicou.

“Pode trazer veterinário, fiscal de saúde animal, quem você quiser. E você, Luisa Mell, cuidado com o que você posta, porque tudo que você posta cabe um processo gigantesco contra você. Eu não maltrato animal e duvido animal tão bem tratado como esses que estão fazendo essa romaria aqui. Inclusive nessa romaria vou rezar por você”, detonou o cantor em resposta.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Acreditamos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. AceitarLeia Mais